Contraste:
Tamanho do texto:

Dicas

Saiba a importância da utilização do cinto de segurança também no banco traseiro.

Saiba a importância da utilização do cinto de segurança também no banco traseiro.

Voltar

Muita gente pensa que não é preciso usar o cinto de segurança na parte traseira porque não há riscos em casos de acidente. Mas esse é um erro grave.

Em caso de colisão, o cinto de segurança traseiro impede que o corpo do passageiro seja projetado para frente, causando impacto sobre o motorista do automóvel e/ou sobre o carona.

Solta na parte traseira, a pessoa é projetada para frente, o que pode ocasionar ferimentos graves. Para vocês terem uma ideia, em uma batida o corpo do passageiro de trás é atirado para frente com uma força até 50 vezes maior que seu peso, provocada pela desaceleração do carro.

Entre as justificativas encontradas para não se usar o cinto no banco traseiro estão à falta de hábito, o possível desconforto e falsa sensação de segurança que o banco de trás promove. Porém, vale ressaltar que o cinto no banco traseiro reduz em 60% os traumas de coluna e em 40% as lesões no tórax e abdômen. E você fica guardando ele em baixo do banco né?

Finalizando, a conscientização sobre o uso do cinto de segurança não deve ser só dos motoristas. Os passageiros também devem usá-lo e ter consciência de que a falta do mesmo pode causar sérios danos à saúde.

Oferecimento da ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo